quinta-feira, 28 de abril de 2011

Minha homenagem David Wilkson




Depois de alguns dias sem acessar a net me deparo hoje com a notícia de que o irmão David Wilkerson havia falecido num acidente de carro (27-04-2011). Fiquei muito triste e espantada com a notícia, mas tb muito CONFORTADA. Ele era um homem de Deus!!! Eu o admirava bastante e aprendia muito com ele... David deixou um legado de excelência para nós. 
Como tinha costume de ler seus devocionais, não foi diferente hoje. Desejo compartilhar aqui seu último post, que por sinal com uma frase bastante forte e confortante: "Verás que tudo era parte de meu plano. Não foi um acidente"  Nossa! Que Deus seja louvado!


DEVOCIONAL

Crer quando todos os recursos fracassam agrada muitíssimo a Deus e é altamente aceito por ele. Jesus disse a Tomé "Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram." João 20:29

Bem aventurados os que crêem quando não existe evidência de uma resposta a sua oração. Bem aventurados aqueles que confiam mais além da esperança quando todos os meios fracassaram.


Alguém chegou a um lugar de desespero, ao final da esperança e ao término de todo recurso. Um ser querido enfrenta a morte, e os médicos não dão esperança. A morte parece inevitável. A esperança se foi. Orou pelo milagre, porem, esse não aconteceu.

É nesse momento quando as legiões de Satanás se dirigem a atacar sua mente com medo, ira e perguntas opressivas como "Onde está teu Deus? Você orou até não lhe restaram lágrimas, jejuou, permaneceu nas promessas e confiou" Pensamentos blasfemos penetraram em sua mente: "A oração falhou, a fé falhou. Não vou abandonar a Deus, porem não confiarei Nele nunca mais. Não vale a pena!" Até mesmo perguntas sobre a existência de Deus acometem sua mente!

Tudo isso foi dispositivos que Satanás empregou durante séculos. Alguns dos homens e mulheres mais piedosos de todas as eras viveram tais ataques demoníacos.

Para aqueles que passam pelo vale da sombra da morte, ouçam essas palavras: O pranto durará algumas tenebrosas e terríveis noites, mas em meio a essa escuridão logo se ouvirá o sussurro do Pai: "Eu estou contigo. Nesse momento não posso lhe dizer por que, mas um dia tudo terá sentido. Verás que tudo era parte de meu plano. Não foi um acidente. Não foi um fracasso da tua parte. Agarre-se com força. Deixe Eu te abraçar nessa hora de dor"

Amado, Deus nunca deixou de atuar em bondade e amor. Quando todos os recursos falham, Seu amor prevalece: Aferre-se a sua fé. Permaneça firme em Sua Palavra. Não há outra esperança nesse mundo.

tradução: Armando Marcos

sábado, 5 de março de 2011

Aprendendo a viver o presente



"Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário? Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura? E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam; E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé? Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? (Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.  Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal. " Mateus 6:25-34

Às vezes parece difícil entender isso, num mundo consumistas e imediatista, onde o cenário é: se tudo não vier agora, não virá depois! Temos cedido a realidade secular ignorando o maior provisor que o homem poderia ter: DEUS! Nos preocupamos mais em viver o hoje para o amanhã, do que o hoje para o hoje. 

Nas palavras de um amigo:

"Se fizerdes uma análise sincera de como os vossos dias até hoje foram vividos, constatareis que muitos deles foram mal gastos; e outros tantos, completamente desperdiçados. Que fizestes, então, de vossos dias? Por certo, a cada um deles consumistes no ontem e no amanhã! Por isso, não os vivestes individualmente. O hoje somente se vive no hoje. Por que desviastes as vossas mentes do hoje, para aplicá-las no ontem e no amanhã? Certamente fostes vencidos pelo medo da incerteza do conteúdo do amanhã, e derrotados pelas lembranças amargas do ontem, que continuam hospedas em vossas mentes, como um parasita que suga do vosso tempo, a seiva do presente. O hoje é o grande palco onde a vida se apresenta. Se o viverdes, sereis ovacionados. Se o matardes, sereis apupados. E não vos olvideis de que, nessa dramaturgia, sois vós que, a um só tempo, ocupais o palco e a platéia." (na íntegra: Apologia ao Hoje)

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Pedra ou Amor?



“Corações de pedra não amam; e coração de amor não atira pedras.” Essa frase do amigo Valter Cunha me fez refletir bastante sobre a nossa conduta cristã. Como embaixadores de Cristo temos cumprido a missão designada? Caso não temos, não somos éticos. Jesus não veio nos ensinar a lançar pedras, mas lançar o amor!

Gostei bastante do texto do irmão e desejo compartilhar aqui no meu blog. Ele fala sobre esse amor de Cristo, em que mesmo sendo o único capaz de atirar pedras, por não haver nEle pecados, não O fez. Jesus simplesmente escolheu amar!!!

Veja o texto aqui: Compartilhando Terceiros.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Alimento depois da conversão



Hoje estava lendo o livro de Lucas 8:40 (em diante), quando um "pit stop" no versículo 55, formulou em minha mente a seguinte frase: "Alimento depois da conversão" hã??? Foi o que retruquei no momento. Percebendo o episódio em que a filha de Jairo estava à morte, e creio eu que falecidíssima, Jesus ordena à garota (v. 54): "Levanta-te menina!". Em seguida MANDA que lhe dessem de comer... Depois da ressurreição daquela jovem, a primeira ordem dada por Jesus foi para alimentá-la! 
Fazendo agora um "mutatis mutandis", como diz meu amigo Valter Cunha, quando uma pessoa confessa Jesus como seu único e suficiente salvador, quando ela nasce de novo, o que nós devemos fazer? Qual deve ser nossa primeira ocupação? Bem... se entendemos que a pessoa convertida é um "bebê na fé", nossa primeira postura será alimentá-la com o alimento mais rico que nos foi dado pela culinária celeste: a PALAVRA de DEUS!!!

"Comer, comer... comer, comer... é o melhor para poder crescer!!" FATO.

A paz!

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Pra Que Outros Possam Viver

Faço questão de compartilhar aqui no meu blog uma pregação do Juliano Son, líder do Ministério Livres para Adorar. Esta mensagem está incluída no CD "Pra Que Outros Possam Viver" e tem me abençoado bastante. Tenho acompanhado o trabalho do Livres e confesso, em tudo vejo o sentimento verdadeiro de centralizar a Palavra de Deus no viver cristão. Desejo que Deus continue direcionando esse Ministério e que o Livres continue firmes no propósito ministerial... 


Confira também o projeto "Livre Ser" fundado pelo Juliano e sua esposa com a missão de oferecer abrigo e proteção a crianças em situação de risco:  http://www.livreser.org.br/





Ministração: Pra que outros possam viver

Pra que outros possam viver, vale a pena morrer
Pra que outros possam sorrir, vale a pena chorar
Pra que outros possam viver

"Portanto, visto que temos este ministério pela misericórdia que nos foi dada, não desanimamos. Antes, renunciamos aos procedimentos secretos e vergonhosos; não usamos de engano, nem adulteramos a palavra de Deus. Ao contrário, mediante à clara exposição da verdade, recomendamo-nos à consciência de todos, diante de Deus. Pois não pregamos a nós mesmos, mas a Jesus Cristo, o Senhor, e a nós como escravos de vocês, por causa de Jesus. De todos os lados somos pressionamos, mas não desanimamos; ficamos perplexos, mas não desesperados; somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos. Trazemos sempre em nosso corpo o morrer de Jesus, pra que a vida de Jesus também seja revelada em nós. Pois nós que estamos vivos somos sempre entregues à morte por amor a Jesus, pra que a Sua vida também se manifeste em nosso corpo. De modo que em nós atua a morte; mas em vocês, a vida. Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, é passageiro, mas o que não se vê é eterno."

Pra que outros possam viver, vale a pena morrer.

E nas palavras de 2Co 4 que nós acabamos de ler, pra que outros possam viver, não apenas vale a pena morrer, como deve-se morrer, deve-se. Pra que outros possam viver, deve-se, é necessário morrer pra que haja vida, trazendo sempre em nosso corpo o morrer de Jesus, pra que a vida de Jesus também seja revelada em nosso corpo, pois nós que estamos vivos, somos sempre entregues à morte por amor a Jesus, pra que a sua vida também se manifeste em nós de modo que em nós atua a morte, pra que em vocês, pra que em outros, atue a vida. Assim como a semente que não morre, não germina, assim como a semente que não morre é incapaz de gerar frutos, aquele que não morre é incapaz de gerar vida, incapaz... Não fosse o sangue do Cordeiro, não fosse o sangue de todos os mártires que vieram antes de nós, não fossem aqueles que vivem como se não pertencessem a este mundo, não seríamos conhecedores das boas novas da vida, não seríamos. Mas se as coisas são assim, se isso é verdade, se isso reflete a realidade, se o Senhor teve toda a intenção de dizer exatamente o que Ele disse, por que é então que não morremos? Por que é então que o mundo está cansado de ver uma igreja que deveria carregar a imagem da morte, mas não carrega... não carrega. E não carrega porque ela mesma recusa-se a morrer. Se a ordem é essa... se a ordem é essa por que é então que não vemos mais vidas sendo geradas? Nações sendo alcançadas em meio à voluntária entrega da vida por parte daqueles que se dizem cristãos... por quê? por quê? Porque existe algo de muito errado em nosso meio. Existe algo de muito errado em meio aquilo que chamamos de evangelho do reino de Deus, evangelho do reino de DEUS, não o evangelho do reino dos homens para os homens, não o evangelho do reino desta terra para esta terra, não o evangelho do seu reino pra você mesmo, para o seu próprio benefício... mas o evangelho do reino de Deus, para o benefício de Deus. E existe algo de muito errado porque estamos confundindo o evangelho do reino de Deus, que é para Deus, com outros evangelhos. E o povo, por falta de líderes que preguem o que o povo precisa ouvir e não o que o povo que ouvir... o povo está adorando outros bezerros de ouro. E o grande bezerro de ouro dos nossos dias é a benção. O grande bezerro de ouro dos nossos dias é a vitória, é a conquista, é o bezerro da prosperidade, é a saúde, é o meu bem-estar, é o meu conforto, é a minha necessidade, é o meu reino, é a minha vida. Sete passos pra alcançar a benção aqui. Quarenta dias de jejum da vitória ali. Doze maneiras pra ser próspero um pouco mais adiante. E trezentas e dezoito formas pra você fazer com que Deus faça aquilo que você quer que Ele faça, não importa se Ele queira fazer ou não. Porque, afinal, o modelo de Jesus "Não seja feita a minha vontade, mas a sua" serve pra Jesus, serve pro Filho de Deus, não serve pra mim, não serve pra igreja.



Quantos já foram a alguma campanha do negue-se a si mesmo? Campanha dos três passos para morrer? Ou a campanha das sete maneiras de amar o seu próximo como a si mesmo? Campanha dos quarenta dias de jejum pra que eu possa carregar a minha cruz? Não? Nunca foi? Por quê não? Ora, porque não é isso que é importante, não é isso. Porque o importante é eu ter o carro do ano. Porque o importante é eu ser abençoado. O importante é eu mostrar o quão abençoado sou, preciso mostrar. Eu preciso mostrar. Porque, afinal de contas, se ando de carro importado é porque Deus me deu, né, Deus me deu. Porque é muito óbvio que Deus está muito mais importado com o meu ego... Eu sou, eu sou tão espiritual e abençoado, que é muito óbvio pra mim, e é muito óbvio só pra mim, que Deus está mais preocupado em colocar dinheiro nas minhas mãos, pra que eu possa comprar coisas caras e tolas, do que está preocupado em colocar recursos sobre os meus cuidados, pra que eu possa, de alguma maneira, aliviar a dor dos aflitos... Porque Deus é tão bom pra mim, Deus é tão sábio, Ele é tão misericordioso, que Ele prefere que eu compre pra mim o meu centésimo par de sapatos, Ele prefere... é, Ele prefere que eu faça isso mais do que prefere que eu compre algumas marmitas pra dar de comer às crianças de rua. Porque o importante é eu encher o meu celeiro até onde der. O importante é o meu reino, é a minha justiça. Eu trabalhei. Eu suei. Não, não, não, não. Não foi Deus quem me deu, não. Não, não foi Deus quem me abençoou, não, não, foi eu quem ganhei. É justo. Eu trabalhei, é meu. Porque o importante é eu viver como se não houvesse morte, e Deus que me livre de pensar em morte. Coisa negativa não é Deus. O importante é eu viver como se não houvesse morte, pra que quando a minha hora chegar, eu venha a morrer como alguém que nunca quis viver.

Porque está escrito na palavra de Deus em Mc 8 e Mt 16: "Então Jesus começou a ensinar-lhes que era necessário que o filho do homem sofresse muitas coisas e fosse rejeitado pelos líderes religiosos, pelos chefes dos sacerdotes e pelos mestres da Lei. Fosse morto e, três dias depois, ressuscitasse. Ele falou claramente a este respeito. Então Pedro, chamando-o a parte, começou a repreendê-lo [Vejam como desde o início, a igreja se escandalizou com a mensagem da morte] Jesus, porém, voltou-se, olhou para os seus discípulos e repreendeu Pedro, dizendo: "Arreda Satanás! você não pensa nas coisas de Deus, mas nas coisas dos homens"[ Você não está de olho no reino de Deus, mas está de olho no reino dos homens!] Então Ele chamou a multidão e os discípulos e disse: "Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me" [Se quiser, se alguém quiser] Porquanto, quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas quem perder a vida por minha causa, achá-la-á. Pois o que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou, o que dará o homem em troca da sua alma? Porque o filho do homem, o Filho de Deus há de vir na glória do Seu Pai, Ele há de voltar com Seus anjos"

E então retribuirá a cada um, conforme as suas obras. Quem fizer de tudo para garantir a sua vida neste mundo, não merecerá a vida no outro. E quem fizer de tudo para garantir a sua vida no outro mundo, perderá a sua vida neste, perderá o controle da sua vida neste mundo. Quem viver de olho nos tesouros deste mundo, receberá somente aquilo que este mundo é capaz de dar. Mas quem viver com os olhos fixos no tesouro eterno, este receberá, este haverá de receber aquilo que a eternidade tem pra dar. Entendam algo... Sabem por que existem religiosos fanáticos que se matam, que se suicidam, que dão as suas vidas para serem destruídas, sabe por quê? Porque eles estão pensando na eternidade, eles estão de olho na eternidade. E sabe por que você se recusa a negar-se a si mesmo e entregar o controle da sua vida a Deus? Porque você está pensando demais nesta vida. E mais, sabem por que é que estes
fanáticos acabam dando as suas vidas? Porque eles passaram a vida toda, a vida inteira, ouvindo de seus mestres que morrer é algo valioso, eles passaram a vida toda ouvindo de seus mestres que morrer é algo bom, é algo nobre, é algo honroso, que morrer gera vida. Gera vida. Mas e a igreja? Mas onde está a igreja? Onde está a voz profética? Onde estão os que pregam a verdade? Onde estão os que pregam? Morram! Onde estão os mestres de Deus a gritarem? Morram! Morram! Pra viver, morram! Por amor a Cristo, morram! Por amar a Deus acima de tudo, morram! Onde estão? Por que os missionários moravianos se vendiam como escravos, pra poderem pregar aos escravos? Porque alguém lhes ensinou que esta vida não vale a pena ser vivida se não for vivida pra Deus. Alguém lhes havia ensinado que, pra que outros pudessem viver, valia a pena morrer. Enquanto muitos parecem estar fascinados demais com mestres que pregam apenas vida nesta vida... mestres que distorcem o significado de vida em
abundância... Apesar disso... Apesar disso, existem alguns remanescentes, existem ainda alguns que se recusam a se prostrar diante dos bezerros de ouro. Existem ainda alguns que se permitem ser aflingidos por amor a Cristo. Alguns que entenderam a voz do Espírito de Cristo, do Cristo que deu o exemplo a ser seguido, não apenas em vida, mas na morte de cruz... e são capazes de dizer "Já não sou eu quem vivo, mas Cristo vive em mim" Cristo vive em mim. Amados, a vida é para os que creem, e os que creem não têm medo da morte, não devem ter medo da morte. Quem tem medo da morte não crê. E quem não crê, não viverá. E eis que o morte é o maior medidor da fé. Os que morrem são os que creem.

E termino com um texto bíblico que está em 2Tm 4:2-4, diz assim: "Pregue a palavra [Pregue a palavra], esteja preparado a tempo [e fora de tempo], repreenda, corrija, esorte com toda a paciência e doutrina. [Por quê?] Porque chegará o tempo em que não suportarão a são doutrina [chegará o tempo em que não suportarão os caminhos de Deus, os pensamentos de Deus]; ao contrário, sentindo coceira nos ouvidos, juntarão mestres para si mesmos, segundo as suas próprias cobiças." E estes se recusarão a dar ouvidos à verdade, se recusarão, voltando-se para as fábulas, preferindo acreditar nos mentirosos finais felizes. Que este não
seja você, para a glória de Cristo Jesus. Amém

Fonte:
http://www.vagalume.com.br/livres-para-adorar/pra-que-outros-possam-viver.html#ixzz1DBscpnYX

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Não tem desculpa.



Certa vez alguém me perguntou assim: “Uma pessoa que nunca teve a oportunidade de ouviu sobre Jesus (como por exemplo um índio) e morre, como vai ser? E os que morreram antes da vinda de Jesus, como vai ser?” Eu não tive naquela hora uma resposta preparada, mas uma imediata: “Deus só vai cobra até onde a consciência chegar!” Bem... foi o que me veio a mente! Contudo, meditando na Palavra, mais precisamente no livro de Romanos, me deparei com esses versículos:

Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis. Porque, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças, mas os seus pensamentos tornaram-se fúteis e os seus corações insensatos se obscureceram.” Rm 1:20-21

 “Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram a coisas e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém.” Rm 1:25

Além do mais, visto que desprezaram o conhecimento de Deus, ele os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem o que não deviam. Rm 1:28

Bem... boa resposta agora não é? Na verdade, VERDADEIRA resposta. Não existe desculpa pra ninguém...

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

O Amor de Deus



Semana passada estava meditando sobre o amor de Deus, tentando definir da maneira mais precisa. De repente me vi numa feira livre, sondando barracas, procurando as melhores frutas, os melhores legumes. Estava fazendo compras, e como boa consumidora, desejava pagar pelo melhor dali. Diante de tanta exigência minha (até justificável não é?) comecei a questionar: e Deus no meu lugar? (mutatis mutandis). Me vi como um resto de feira (estragada, passada) e Deus como o consumidor, que sem exigência nenhuma pagou pela minha vida com preço de sangue, e sangue nobre de JESUS. Nossa!!! Que amor é esse que é capaz de pagar por algo estragado e com a própria vida? Isso me constrange....

Sem palavras... 
Só posso afirmar que DEUS É AMOR. 
E o amor externado de Deus se chama JESUS.



domingo, 16 de janeiro de 2011

Pastor boca porca

Tava perambulando pela net... olha o que achei:



Na moral... esse pastor é muito bizarro. Precisa converter a mente e a boca!!!!!

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Conheça os Cristãos Secretos




Quem são os cristãos secretos?

Um "cristão secreto" é um cristão perseguido cuja vida corre perigo constante por ele estar seguindo Jesus. Na maioria das vezes, um cristão secreto é convertido do islamismo, mas pode ser encontrado em outras culturas também. Por se converter, ele foi agredido ou ameaçado por seu governo, seus amigos e até pela própria família. Cristãos secretos têm necessidades únicas que só podem ser supridas pelo apoio dos demais membros do Corpo de Cristo. 



Ao longo deste ano, você aprenderá sobre eles, lerá seus testemunhos, saberá como orar por eles e como ajudá-los. Verá o que a Portas Abertas tem feito para ajudá-los a se manter firmes na fé a despeito das restrições que lhes são impostas por uma cultura que não permite que se expressem de forma livre. Por fim, você verá que, quando uma pessoa se converte, as circunstâncias para ela não são as mesmas se tivesse se convertido na igreja que você frequenta.


Por que esse tema foi escolhido?


Recebemos muitas informações sobre os cristãos perseguidos em geral, mas no ano de 2011 decidimos dar um destaque para aqueles cristãos que precisam exercer sua fé clandestinamente, e por isso precisam muito das nossas orações específicas por eles. Eles não podem compartilhar sua fé ou suas dificuldades uns com os outros, pois não sabem quem são seus irmãos em Cristo.

Assita ao vídeo:



segunda-feira, 10 de janeiro de 2011



Você mentia quando era criança? Apesar dos pais dizerem que mentir é errado e feio, saiba que na verdade mentir pode ser uma ótima coisa.

Segundo um estudo realizado pelo Institute of Child Study, as crianças que mentem serão adultos bem sucedidos. Quanto mais cedo e mais complexas forem as mentiras melhor, pois isso é indicativo de bom desenvolvimento mental.

“Os pais não devem ficar alarmados caso os filhos contem ‘mentirinhas’. Quanto mais bem construída for a mentira, melhor é o desenvolvimento cognitivo da criança. Eles podem se tornar grandes banqueiros no futuro.”

Outro ponto importante é que essas crianças mentirosas não possuem tendências criminosas no futuro, ou seja, mentiras infantis são coisas boas. 

Fique feliz se seu filho lhe mentir, pois você saberá que ele tem um futuro promissor

Fonte:Minilua 

Saber que toda criança mente é uma coisa, mas aceitar isso com promessa de um futuro brilhante é muito bizarro. Bases sadias são fundamentais na formação de um bom caráter... 


Polly